CARACTERIZAÇÃO HIDROGEOQUÍMICA DE ÁREA IMPACTADA POR DEPÓSITO DE RESÍDUOS DESATIVADO EM ZONA DE RECARGA DO AQUÍFERO GUARANI

Alice Kimie Martins MORITA, Edson Cezar WENDLAND

Resumo


A deposição de resíduos sólidos sem o adequado planejamento pode impactar o entorno por décadas ou séculos após o término das atividades. O impacto das contaminantes lixiviados no meio depende das características da formação geológica, bem como da ocorrência de processos de transporte e atenuação. Este estudo visou a estudar os contaminantes encontrados no entorno de um depósito de resíduos desativado localizado em área de recarga do Aquífero Guarani, bem como suas variações sazonais. Foram realizadas coletas de amostras de água subterrânea em 14 poços de monitoramento em julho e dezembro de 2017, e foram analisados diferentes parâmetros de interesse, como pH, condutividade, alcalinidade, DQO, cloretos, nitrato, nitrogênio amoniacal, ferro, manganês, cálcio e metais potencialmente tóxicos. Verificaram-se altas concentrações de contaminantes no interior do depósito de resíduos, mas considerável redução à jusante. Ainda assim, observou-se nítida influência do depósito em seu entorno, com possível ocorrência de reações redox e com variações sazonais da qualidade dos poços amostrados. Estudos visando ao monitoramento e mapeamento de plumas de contaminantes em território brasileiro – cujas condições geológicas e climáticas, bem como de resíduos aterrados, são únicas – são ainda imprescindíveis, de forma a contribuir para o estabelecimento de diretrizes ao gerenciamento dessas áreas.


Palavras-chave


Depósito de resíduos; Monitoramento; Hidrogeoquímica; Aquífero Guarani.

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


SCImago Journal & Country Rank