ANÁLISE DE DISTORÇÕES RADIOMÉTRICAS DE IMAGENS DA CÂMERA TETRACAM ADC LITE

Thiago STATELLA, Roberto Nunes Vianconi SOUTO, Robson Rogério Dutra PEREIRA

Resumo


Muitos trabalhos executados com Aeronaves Remotamente Pilotadas (ARP) tem se valido da utilização da câmera multiespectral ADC Lite da fabricante Tetracam. As imagens produzidas pela câmera são analisadas e interpretadas qualitativamente e quantitativamente sem que se tenha procedido à correção de distorções radiométricas das mesmas, tarefa que o rigor científico exige para que qualquer conclusão resultante tenha validade prática e acadêmica. Neste trabalho ficou demonstrado que distorções tais como read noise, não-uniformidade de resposta dos pixels à radiância proveniente dos alvos e vignetting estão presentes nas imagens. Para além destas, os pesos do arquivo de interpolação do filtro de Bayer fornecidos pela Tetracam produzem resultados incorretos em muitos casos, ocasionando a perda de informação, particularmente na banda do Vermelho, com frequências significativas (~105 ) de pixels com valores saturados para preto. A correção de todos estes efeitos e de artefatos remanescentes, nas bordas das imagens, do processo de interpolação dos valores de brilho, é imprescindível para que se possa trabalhar com as imagens, tal qual demonstra-se neste artigo, por meio da comparação de índices obtidos da razão de bandas a partir das imagens com e sem distorções.


Palavras-chave


Tetracam ADC Lite; Distorções radiométricas; Câmera multiespectral.

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


SCImago Journal & Country Rank