ANÁLISE DE SUPERFÍCIE DE TENDÊNCIA APLICADA À CHUVA, MEDIDA POR RADAR METEOROLÓGICO, NAS REGIÕES DE ASSIS E PIRACICABA, SP

Zildene Pedrosa de Oliveira EMIDIO, Paulo Milton Barbosa LANDIM

Resumo


Este trabalho apresenta os resultados obtidos através da aplicação da técnica de análise de superfície de tendência com regressão polinomial de primeiro grau (superfície linear), cujo objetivo foi detectar as anomalias na distribuição da chuva medida pelo radar meteorológico Doppler, banda S, localizado em Bauru, no período de 21 de outubro de 2004 a 29 de abril de 2005 (dividido em períodos decendiais) através do mapeamento e identificação dos resíduos positivos e negativos nas áreas de estudo, quadrículas de Assis e Piracicaba. Foram testadas três relações Z-R do radar para quantificação da chuva em área pelo radar e a equação específica escolhida foi a Z = 32R1,65. Pelos resultados encontrados, conclui-se que a metodologia aplicada indicou a distribuição espacial da chuva acumulada pelo radar, identificando e localizando as regiões onde houve excesso e falta de chuva durante cada período analisado, possibilitando desta forma, um indicativo das áreas onde houve maior impacto pluvial e conseqüentemente mais propicias a danos ambientais. Palavras-chave: análise de superfície de tendência, radar meteorológico, relação Z-R, chuva.

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


SCImago Journal & Country Rank