PETROLOGIA DOS ARENITOS DE PRAIA (BEACHROCKS) NA COSTA CENTRAL DE PERNAMBUCO

Antônio Vicente FERREIRA JÚNIOR, Tereza Cristina Medeiros de ARAÚJO, Marcela Marques VIEIRA, Virgínio Henrique NEUMANN, Maria das Neves GREGÓRIO

Resumo


O objetivo principal deste trabalho é a caracterização morfológica e petrológica dos arenitos de praia na zona costeira e plataforma continental interna na costa central de Pernambuco, visando reconstruir a evolução holocênica da região. Neste estudo, foram utilizadas técnicas que auxiliam na classificação e identificação de processos diagenéticos que afetaram os arenitos de praia. Assim, observou que o arenito de praia apresenta valores de 60% a 85% do arcabouço composto por grãos detríticos de quartzo. O cimento carbonático encontrado nas amostras é constituído de calcita rica em Mg. Foi reconhecida a sequência diagenética composta por cutícula criptocristalina; franja prismática isópaca; agregados pseudopeloidais; agregados fibro-radiais; cimento micrítico; e mosaico equante. Além dessas fases cimentantes, identificou-se marga infiltrada. Estes resultados permitiram interpretar que a precipitação do cimento ocorreu em um ambiente marinho raso, com influência de água doce, em ambiente vadoso, de onde se conclui que as praias foram cimentadas na zona de estirâncio.

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


SCImago Journal & Country Rank