PARÂMETROS FÍSICOS PRÉ-ERUPTIVOS DO MAGMATISMO ÁCIDO DA PROVÍNCIA MAGMÁTICA DO PARANÁ: RESULTADOS PRELIMINARES

Antonio José Ranalli NARDY, Milena Cristina ROSA, Ana Carolina Franciosi LUCHETTI, Maria Luiza de Carvalho FERREIRA, Fábio Braz MACHADO, Marcos Aurélio Farias de OLIVEIRA

Resumo


Um conjunto de 12 amostras de rochas ácidas dos tipos Palmas (ATP) e Chapecó (ATC) foi empregado para a determinação da composição química de plagioclásio e piroxênio por meio de microssonda eletrônica, com a finalidade de se obter informações geotermobarométricas, bem como a concentração de água no líquido magmático em equilíbrio com o plagioclásio. Os resultados obtidos mostram que os piroxênios das rochas do tipo ATP (3,2 ± 1,2 kbar; máx = 5,1 kbar e 1028 ± 38°C) se formaram em condições de pressão e temperatura maiores do que aquelas do tipo ATC (1,8 ± 0,9 kbar; máx = 3,4 kbar e 995 ± 26°C). Porém, os dados de pressão do plagioclásio é maior para as rochas do tipo ATC (3,2 ± 1 kbar; máx = 6,4 kbar e 1033 ± 12°C) do que para as do tipo ATP (1,9 ± 1 kbar; máx = 4,8 kbar e 1043 ± 5°C), sugerindo que a cristalização das rochas do tipo ATP teve seu início com a formação do piroxênio e plagioclásio quase que simultaneamente, a uma profundidade da ordem de 17 km enquanto que para as do tipo ATC, a cristalização teve início com a formação do plagioclásio a uma profundidade cerca de 21 km (admitindo-se um gradiente de 3,3 km/kbar). A geotermometria do plagioclásio fornece uma concentração de 1 ± 0,3% de H2O para as rochas ácidas estudadas, e que sua exsolução do líquido silicático teve início a uma profundidade próxima de 30 m abaixo da superfície, o que torna difícil explicar a origem dessas rochas por fluxos piroclásticos, mas também, por meio de fluxos de lava. Embora os dados ainda sejam preliminares e insuficientes para a modelagem da extrusão dessas rochas, eles apontam para um mecanismo de efusão de um magma parcialmente fluidizado por voláteis, que se espalharia por grandes áreas, com pouco atrito com a superfície plana do terreno, que iria aumentado com o incremento da viscosidade causado pela perda de voláteis e diminuição da temperatura, desenvolvendo estruturas de lavas coerentes ao fluxo magmático.

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


SCImago Journal & Country Rank