ÍNDICES DE CONTAMINAÇÃO DE METAIS TRAÇO EM ENCOSTAS, MANGUEZAIS E APICUNS, MADRE DE DEUS, BAHIA

Sara Ferreira BOAVENTURA, Gisele Mara HADLICH, Joil José CELINO

Resumo


Índices de contaminação podem ser utilizados para diferenciar a presença natural de metais e contaminações de origem antrópica no ambiente. Este trabalho objetivou identificar graus de contaminação por metais nos ambientes encosta, manguezal e apicum, em Madre de Deus. Além de análises estatísticas clássicas, foram determinados o Índice de Geoacumulação e o Grau de Contaminação Modificado para Cu, Zn, Cr, Ni, Fe e Mn em 45 amostras superficiais de solos e sedimentos. A área estudada foi dividida nos setores Fábrica de Asfalto - FA e Quitéria-Suape - QS. Não foi encontrada contaminação por Ni. O Cr apresentou contaminação moderada apenas no manguezal no setor FA. Os índices indicaram contaminação por Cu, Zn, Mn e Fe variável nos três ambientes. Ocorreu enriquecimento de metais sobretudo no setor FA. À exceção do Zn nos manguezais, não foram identificadas diferenças de contaminação entre os setores FA e QS pelo teste-T, o que mostra que os índices de contaminação fornecem melhor indicação do enriquecimento de metais no ambiente quando há grande variação nos dados. A proximidade da área com a foz do Rio Subaé, a circulação das águas, a deposição atmosférica regional e as atividades antrópicas locais parecem determinar as diferenças nos setores estudados.

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


SCImago Journal & Country Rank