MAPEAMENTO DAS UNIDADES DE PAISAGEM DAS CLASSES DE APTIDÃO AGRÍCOLA NA MICROBACIA DO RIO CONRADO COM AUXILIO DE PRODUTOS DE SENSORIAMENTO REMOTO

Rosane Dalpiva BRAGATTO, Julio Caetano TOMAZONI, Nilvânia Aparecida de MELLO

Resumo


O diagnostico de uma área é primordial para o planejamento e monitoramento do processo de gestão ambiental, pois a sustentabilidade das atividades agropecuárias está diretamente relacionada com os impactos ambientais, econômicos e sociais decorrentes do uso da terra e pelas práticas de manejo. Os ecossistemas naturais são afetados pela ação antrópica, assim a transformação do cenário natural traz graves consequências à natureza dos ecossistemas. O objetivo do presente trabalho foi realizar o mapeamento das unidades de paisagem das classes de aptidão agrícola na microbacia hidrográfica do Rio Conrado, situada no Sudoeste do Paraná, com auxilio de técnicas sensoriamento remoto. A metodologia empregada baseou-se no uso de imagens do sistema HRG/SPOT-5 bandas (1,2 e 3), e do ASTER GDEM. O Processamento digital das imagens e a análise dos dados gerados foram realizados com o auxílio das ferramentas disponíveis nos Sistemas de Informação Geográfica ArcGis e Spring. Como também, foram utilizados o mapa de levantamento de solos do estado do Paraná e o sistema de capacidade de uso das terras. Os resultados obtidos demonstram que através das técnicas preconizadas foi possível mapear as unidades de paisagem da área de estudo. A unidade de paisagem mais frequente foi constituída por relevo plano associado a solos profundos e cultivos anuais. O mapa gerado mostra-se útil para gestão do uso da terra visando adequação ambiental.

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


SCImago Journal & Country Rank