PLÁCERES MARINHOS ENTRE CAUCAIA E TRAIRI, ESTADO DO CEARÁ, NORDESTE DO BRASIL

Antonio Borges de AGUIAR NETO, George Satander SÁ FREIRE, Narelle Maia de ALMEIDA

Resumo


Neste trabalho foram realizados estudos da morfologia, classificação textural e dos minerais pesados nos sedimentos de fundo da plataforma continental interna do Ceará, entre as cidades de Caucaia (Região Metropolitana de Fortaleza) e Trairi. O modelo digital de fundo da plataforma revelou um relevo suave com presença de irregularidades entre as cidades de Paracuru e São Gonçalo do Amarante, com a possível ocorrência do paleocanal do Rio Curu, constatação reforçada pelo padrão de distribuição do diâmetro médio dos grãos. Ocorrem significativas concentrações de minerais pesados de até 4,54% com a predominância de ilmenita e turmalina, que juntamente com epidoto e monazita apresentaram teores acima de 1 Kg/ton ao longo da costa de São Gonçalo do Amarante. Pela composição química de alguns grãos de ilmenita foi possível verificar o enriquecimento em titânio nesses grãos por alteração intempérica, com conteúdo de TiO2 acima de 89%. A área de estudo apresenta condições ambientais favoráveis à acumulação de minerais pesados e os pláceres identificados são considerados recursos minerais estratégicos. Além da importância econômica desses depósitos é preciso considerar a fragilidade do ambiente onde eles ocorrem para minimizar os impactos inerentes das atividades de mineração no meio marinho.

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


SCImago Journal & Country Rank