CARACTERIZAÇÃO HIDROGEOQUÍMICA DA CARGA DISSOLVIDA NAS BACIAS DOS RIOS JUNDIAÍ E CAPIVARI, SÃO PAULO

Helder de OLIVEIRA, Jefferson MORTATTI, Graziela Meneghel de MORAES, Diego VENDRAMINI, Karine Baldo de Genova CAMPOS

Resumo


As caracterizações hidrogeoquímicas das cargas dissolvidas das bacias dos rios Jundiaí e Capivari, nascente e foz, foram realizadas procurando investigar possíveis influências antrópicas que vêm ocorrendo nessas bacias de drenagem, principalmente associados aos aportes de efluentes domésticos, industriais e agrícolas. Foram realizadas 15 excursões de amostragem de águas fluviais, durante o período de abril de 2011 a dezembro de 2012, sendo analisados quimicamente os cátions e ânions principais, sílica dissolvida e total de sólidos dissolvidos. A aplicação do modelo bilogarítmico concentração-vazão permitiu verificar o relacionamento de HCO3-, Ca2+ e Mg2+ aos aportes difusos e Na+, Cl-, SO4(2-) e PO4(3-) com aportes pontuais, considerados antrópicos, ao longo das bacias de drenagem. No entanto, nas áreas próximas às nascentes do rio Jundiaí, um processo inicial de degradação dessas águas foi observado, principalmente do aporte de esgotos domésticos sem tratamento prévio. As elevadas concentrações das principais espécies químicas e seus respectivos transportes fluviais específicos confirmaram a influência antrópica que ocorre nessas bacias de drenagem.

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


SCImago Journal & Country Rank