ASSESSMENT OF METHODS FOR PREDICTING SOIL ERODIBILITY IN SOIL LOSS MODELING

Jamil Alexandre Ayach ANACHE, Cláudia Gonçalves Vianna BACCHI, Elói PANACHUKI, Teodorico ALVES SOBRINHO

Resumo


A determinação direta da erodibilidade dos solos (fator K) é dispendiosa, levando os pesquisadores a recorrerem aos métodos de estimativa indireta da erodibilidade dos solos. Entretanto, a aplicação destes modelos não deve ser feita de forma indiscriminada. Deve-se observar se os resultados apresentam coerência com a área de estudo, pois as equações foram elaboradas a partir de medições diretas do fator K em solos que podem apresentar comportamentos diferentes daqueles de onde se pretende estimar indiretamente. Portanto, são objetivos deste trabalho: estimar a erodibilidade do solo através de métodos indiretos e avaliar a coerência dos modelos de erodibilidade utilizados para a área de estudo a partir de valores observados e dados da literatura. O solo na sub-bacia hidrográfica do Córrego Guariroba (área de estudo) é em sua maioria arenoso (Neossolo Quartzarênico órtico). Porém, texturas franco-arenosa (Neossolo Quartzarênico hidromórfico) e argilosa (Latossolo Vermelho distrófico) também são encontradas na área. Após a avaliação estatística dos modelos de predição do fator K, conclui-se que a equação de Sharpley & Williams (1990) é o modelo mais adequado dentre os avaliados para a área de estudo.

Palavras-chave


Fator K; USLE; Características do solo; Predição da erosão.

Texto completo:

PDF (English)

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


SCImago Journal & Country Rank