UTILIZAÇÃO DE ENSAIOS TECNOLÓGICOS COMO AUXÍLIO NA INTERPRETAÇÃO DO POLIMENTO DE ROCHAS ORNAMENTAIS

Jefferson Luiz CAMARGO, Antonio Carlos ARTUR, Leonardo Luiz Lyrio da SILVEIRA

Resumo


O polimento é o principal tipo de acabamento realizado em chapas e ladrilhos de rochas, sendo este realizado pelo atrito gerado no movimento rotacional de elementos abrasivos dispostos em cabeçotes, denominados satélites, sob pressão contra a superfície da rocha. A rocha é um elemento ativo no processo, portanto o conhecimento das propriedades tecnológicas da mesma pode contribuir para melhorar o entendimento desta importante etapa de beneficiamento. Para realização deste trabalho foram selecionados três litotipos rochosos com aspectos petrográficos, texturais e estruturais distintos, justamente para comparar os resultados de caracterização tecnológica e tentar relacionar quais características intrínsecas mais influenciaram na ação de desgaste, subsidiando informações para interpretação do processo de polimento. Os materiais escolhidos foram um charnockito, um monzogranito e um gnaisse inalterados, denominados comercialmente como Verde Labrador, Cinza Castelo e Preto Indiano, respectivamente. Notou-se que dentre os ensaios físicos e mecânicos realizados, os resultados de resistência à compressão uniaxial, densidade aparente, absorção de água, coeficiente de dilatação térmica linear e a propagação de ondas longitudinais não mostram correlações diretas com os resultados experimentais de polimento. Por outro lado, a porosidade aparente, os resultados de ensaios de resistência ao desgaste abrasivo e dureza knoop mostram correlações diretas com a do polimento das rochas.

Palavras-chave


Rocha ornamental; Caracterização tecnológica; Polimento; Tribologia.

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


SCImago Journal & Country Rank