NOVOS ELEMENTOS DA CORALINOFAUNA DA FORMAÇÃO PIRABAS (MIOCENO INFERIOR), ESTADO DO PARÁ

Alexandra Mary Costa Lalor, Vladimir de Araújo Távora

Resumo


Este trabalho apresenta a caracterização sistemática de novos elementos da coralinofauna da Formação Pirabas. Foram reconhecidas Trochoseris catadupensis, Discotrochus sp., Fungia (Cycloseris) costulata, Plascomilia sp., Bathycyathus sp., Asterosmilia compressa, Balanophyllia (Eupsammia) sp. e Dendrophyllia sp. Estas espécies são anermatípicas, guardam estreita afinidade com as faunas presentes em unidades litoestratigráficas terciárias das Américas do Sul e Central, e são comuns nas biotas marinhas desde o Eoceno. Asterosmilia compressa é mais um fóssil-guia para a unidade Pirabas, pois marca o Mioceno Inferior na República Dominicana. Fungia (Cycloseris) costulata, registrada apenas como Recente no continente asiático, está presente na Formação Pirabas, limite sul da província biogeográfica Caribeana, como o primeiro registro no Brasil de endemismo disjunto ou bipolaridade, comum em grupos cujos eventos biológicos de rápida evolução e irradiação, que permite ocorrência de uma espécie em continentes extremos separados por grandes barreiras, ainda que em intervalos distintos de tempo geológico.

Palavras-chave


Scleractinia, Sistemática Paleontológica, Formação Pirabas, Mioceno Inferior.

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


SCImago Journal & Country Rank