RESPOSTA EM MICROTREMOR DE UM MOVEMENTO DE MASSA NO DISTRITO FEDERAL, BRASIL

YAWAR HUSSAIN, HERNAN MARTINEZ-CARVAJAL, MARTIN CÁRDENAS-SOTO, ROGÉRIO UAGODA, SALVATORE MARTINO, MUHAMMAD B. HUSSAIN

Resumo


O estudo apresentado fornece uma ampla descrição do ruído ambiental registrado de um deslizamento de encosta lento localizado na bacia do Ribeirão Contagem no Distrito Federal. A área de estudo é um laboratório natural na medida que os processos erosivos do rio podem ser analisados em diferentes estágios de evolução dentro de um setor de fácil acesso. A pesquisa abrange o estudo das características dinâmicas da área por meio do registro das séries temporais do ruído ambiental em nove pontos mediante o uso de sismómetros de período curto e três componentes. As series temporais são processadas para obter as curvas de relação espectral horizontal-vertical (HVSR) e também os gráficos tempo:frequência dos espectros de potência (SPD). As curvas HVSR ilustram e quantificam aspectos dos efeitos de ressonância local devidos ao ambiente geológico. A função de desnsidade de probabilidade (PDF) mostra que os níveis de ruído registrados estão enquadrados entre os limites conhecidos como NHNM (new high noise model) e NLNM (new lower noise model) e que suas probabilidades são maiores acima de 2 Hz. As curvas HVSR apresentam um pico de resposta uniforme litológicamente controlado a 2 Hz. As propriedades direcionais do campo de ondas são determinadas pelo método da viga (beamforming method). A análise dos resultados na componente EW indica que na fase de 5 Hz a velocidade está próxima de 1700 m/s enquanto que para 10 Hz desce a 250 m/s. Foi observado que entre 5 e 16 Hz o ângulo de chegada da frente de ondas é 260 graus. Estudos adicionais aplicarão uma análise detalhada do ruído para relacionar a dinâmica do deslizamento de terra (que pode ser desencadeado pela erosão do rio, assim como chuvas e agitação sísmica) a possíveis mudanças nas propriedades físicas detectáveis.


Palavras-chave


Ruído sísmico; Espectro de densidade de potência; Função densidade de probabilidade; HVSR; Análise f-k.

Texto completo:

PDF (English)


DOI: http://dx.doi.org/10.11137/2017_3_212_221

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


SCImago Journal & Country Rank