REGISTROS DAS VARIAÇÕES DO NÍVEL RELATIVO DO MAR NA PENÍNSULA DE ARMAÇÃO DOS BÚZIOS, RIO DE JANEIRO: ANÁLISE DE DADOS FACIOLÓGICOS E GEOCRONOLÓGICOS

CAÍQUE LIMA CABRAL, JOÃO WAGNER ALENCAR CASTRO, ALINE MENEGUCI DA CUNHA

Resumo


As variações do nível relativo do mar e mudanças climáticas durante o Holoceno foram importantes para a construção e evolução das paisagens sedimentares costeiras do sudeste brasileiro, especialmente na Região dos Lagos do Estado do Rio de Janeiro. Essas variações podem ser identificadas em campo através de indicadores geológicos e biológicos. Objetiva-se estudar as variações do nível relativo do mar nessa região com base em análises faciológicas, estratigráficas e geocronológicas de depósitos de conchas de moluscos. Como procedimento metodológico foram executados perfis estratigráficos, análises sedimentológicas, taxonômicas e granulométricas, objetivando a identificação de fácies e eventos transgressivos e regressivos. Foram enviadas três amostras para datação por radiocarbono C14, sendo duas de conchas de moluscos e uma de sedimentos orgânicos. Resultados obtidos são apresentados através de tabela de fácies, tabela taxonômica, perfis estratigráficos e dados geocronológicos. O modelo de evolução geológica/geomorfológica da área de estudo caracteriza-se pela construção de terraços marinhos regressivos, constituídos por lagunas semiabertas, cordões litorâneos e pântanos atuais.


Palavras-chave


Flutuações do nível do mar; Fácies holocênicas; Geocronologia; Região dos Lagos Fluminenses.

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.11137/2018_1_130_141

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


SCImago Journal & Country Rank