APLICAÇÃO DE ÁLGEBRA DE MAPAS PARA OBTENÇÃO DAS VULNERABILIDADES NATURAL E AMBIENTAL DE ÁREAS ALAGADAS

GUILHERME HENRIQUE CAVAZZANA, GIANCARLO LASTORIA, FABRÍCIO BAU DALMAS, SANDRA GARCIA GABAS, ANTONIO CONCEIÇÃO PARANHOS FILHO

Resumo


As Estradas Parque Pantanal, compostas pelas rodovias estaduais MS-184 e MS-228, estão localizadas a noroeste de Mato Grosso do Sul, na Bacia Hidrográfica do Rio Paraguai, atravessando o Pantanal sulmatogrossense, sendo susceptível ao pulso de inundação natural de suas planícies. Apesar de sua importância cultural, ecológica, paisagística e turística, são escassos estudos que norteariam o adequado planejamento e manejo do uso e ocupação do solo da região. Assim, o objetivo deste trabalho consistiu na aplicação da técnica de geoprocessamento de álgebra de mapas, baseada no conceito de Ecodinâmica, e com a inclusão de uma nova carta temática: o cone de inundação, a qual representa essa característica dinâmica da região, para obtenção das cartas de vulnerabilidades natural e ambiental, esta última se diferencia por considerar as intervenções antrópicas sobre as unidades de paisagem. Para tal, dentre outros procedimentos realizados, aplicou-se a fotointerpretação de imagens de satélite para atualizar os vetores das cartas do RADAMBRASIL da escala de 1:1.000.000 para 1:250.000, trazendo representatividade mínima das relevantes características regionais, bem como, possibilitando a aplicação da técnica proposta. Os resultados obtidos são os mapas de vulnerabilidade natural e ambiental a processos erosivos, sendo que as EPP encontram-se, tanto natural como ambientalmente, com predominância de áreas moderadamente estáveis/vulneráveis com tendência a moderadamente vulneráveis, sendo que qualquer alteração que se realizar na unidade de paisagem pode elevar seu status para vulnerável a processos erosivos, aumentando o risco de perda de solo.


Palavras-chave


Pantanal; Planície de Inundação; Álgebra de Mapas.

Texto completo:

PDF (English)


DOI: http://dx.doi.org/10.11137/2018_1_255_264

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


SCImago Journal & Country Rank