CONFIGURAÇÃO GEOMÉTRICA DA BACIA DE GAROUA, NORTE DO CAMEROON COMO DEDUZIDO DO EARTH GRAVITATIONAL MODEL (EGM-2008)

THIERRY S. KUISSEU, ANATOLE E. DJIETO LORDON, CHRISTOPHER M. AGYINGI, YVES SHANDINI, YOSSA TCHAWE MBOHLIEU, DOUGLAS BESONG NDIFOR

Resumo


Dados gravimétricos obtidos pelo Earth Gravitational Model (EGM-2008) foram analisados para se estimar a espessura sedimentar, extensão e forma da Bacia Garoua, Norte do Cameroon. O campo gravitacional residual foi obtido através da filtragem das anomalias gravitacionais Bouguer, utilizando-se o Geosoft Oasis Montaj. Obteve-se um modelo bidimensional (2-D) utilizando-se Grav2dc v2.06, o qual aplica o algoritimo Talwini, em três perfis orientados NE-SW, NNE-SSW e WNW-ESE para a verificação do empilhamento sedimentar. A Bacia de Garoua é composta por uma sucessão alternante de horsts e grabens limitados à norte e sul por falhas normais, num embasamento rifteado. Os modelos gravitacionais sugerem uma espessura de 9km de sedimentos, através de uma extensão de 80 km. Com esta espessura sedimentar e considerando-se o gradiente médio de temperatura, as condições em subsuperfície desta bacia são adequadas para a geração de hidrocarbonetos, caso sejam encontradas rochas geradoras. Os resultados obtidos neste estudo corroboram investigações prévias realizadas na região.


Palavras-chave


Modelo Gravitacional; Anomalia Bouguer; Estrutural; Gravidade; Horst; Graben; Bacia Garoua.

Texto completo:

PDF (English)


DOI: http://dx.doi.org/10.11137/2018_2_167_176

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


SCImago Journal & Country Rank