MAPEAMENTO E ANÁLISE TEMPORAL DA PAISAGEM NO ENTORNO DO RESERVATÓRIO DE TUCURUÍ-PA

ANDRÉS DANILO VELÁSTEGUI MONTOYA, ALINE MARIA MEIGUINS DE LIMA, MARCOS ADAMI

Resumo


O grande interesse de gerar energia “limpa” nos países da região para o fornecimento energético e contínuo crescimento econômico, motiva o planejamento e construção de grandes projetos hidrelétricos, com vasta presença na bacia Amazônica. Contudo, devido à extensão dos reservatórios produzidos pelos mesmos, estes projetos podem alterar a dinâmica dos ecossistemas naturais. Para compreender melhor o padrão espacial das mudanças da cobertura da terra motivadas pelos grandes reservatórios hidrelétricos, este estudo aplicou o modelo linear de mistura em imagens Landsat-TM e ETM+ segmentadas e métricas de paisagens, para o mapeamento das classes de cobertura da terra nos municípios diretamente afetados pelo reservatório de Tucuruí-PA e a caracterização quantitativa das classes presentes na região, entre os períodos de finalização da I fase e início da II fase de construção da UHE Tucuruí. Os resultados da análise espacial apontaram que houve modificações no padrão espacial da cobertura florestal no entorno do reservatório de Tucuruí, com comportamentos diferenciados na escala de municípios. Onde, o alto nível de fragmentação está associado à conectividade das rodovias entre as manchas urbanas presentes nestes municípios, facilitando o acesso e conversão de áreas de floresta em pasto.


Palavras-chave


Cobertura da terra; Usinas hidrelétricas; Barragens.

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.11137/2018_2_553_567

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


SCImago Journal & Country Rank