TUFÕES HAIYAN E HAIMA: CARACTERÍSTICAS DURANTE A FORMAÇÃO, MATURAÇÃO E DISSIPAÇÃO

BRUNA ANDRELINA SILVA, RAYAN REIS MIRANDA LEITE, MICHELLE SIMÕES REBOITA

Resumo


Os ciclones tropicais que possuem intensidade do vento igual ou superior a 119 km/h, quando formados no setor oeste do oceano Pacífico Tropical, recebem o nome de tufões. Esses sistemas causam grandes devastações em áreas continentais. Dois casos que atingiram as Filipinas e atraíram a atenção internacional foram os tufões Haiyan e Haima. O Haiyan foi o tufão mais intenso registrado desde 1979 no Pacífico ocidental e se manteve ativo entre os dias 3 a 11 de novembro de 2013. Já o Haima foi o segundo tufão a atingir ventos com intensidade superior a 220 km/h desde 1979. Esse sistema atuou entre os dias 15 e 21 de outubro de 2016. Diante do exposto, o objetivo do presente estudo é descrever a evolução do ciclo de vida dos tufões Haiyan e Haima (análise lagrangeana), evidenciar similaridades e diferenças entre eles e avaliar o impacto desses sistemas nas variáveis atmosféricas próximas das Filipinas (análise euleriana). As variáveis atmosféricas utilizadas no estudo foram obtidas do Global Forecast System Analysis e do Tropical Rainfall Measuringn Mission. A região de ciclogênese dos tufões Haiyan e Haima apresentou anomalias positivas de temperatura da superfície do mar de 0,7 ºC e 1,1 ºC, respectivamente. Ao longo da trajetória, os tufões deixaram rastro frio sobre o oceano. Próximo às Filipinas, o Haiyan causou ventos com intensidade de 232 km/h e o Haima de 226 km/h. Com relação ao ciclo de vida desses sistemas, é na fase de maturidade que os tufões apresentam vorticidade relativa ciclônica mais intensa e maior desvio zonal de temperatura no centro em comparação às áreas vizinhas.


Palavras-chave


Ciclone tropical; Oceano Pacífico Oeste; Haiyan; Haima.

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.11137/2018_3_37_53

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


SCImago Journal & Country Rank