APLICAÇÃO DE GEOTECNOLOGIAS NA GERAÇÃO DO DIVISOR DE BACIAS HIDROGRÁFICAS: UMA FERRAMENTA PARA A POLÍTICA DE RECURSOS HÍDRICOS

THAIS GISELE TORRES CATALANI, FABRÍCIO BAU DALMAS, ALESANDRO COPATTI, THAIS BARBOSA DE AZAMBUJA CARAMORI, MANOEL AFONSO COSTA RONDON, ANTONIO CONCEIÇÃO PARANHOS FILHO

Resumo


Neste trabalho são utilizadas geotecnologias na obtenção de divisores de bacia em um estudo de caso. Considerando que a legislação determina que a bacia hidrográfica deve ser considerada a unidade elementar de estudo, são testadas diferentes técnicas de obtenção do divisor de águas. Em ambiente SIG (Sistema de Informações Geográficas) utilizou-se o modelo digital de elevação obtido pela missão de radar topográfico em ônibus espacial norte-americano (SRTM) como fonte de dados altimétricos, a partir destes, utilizando rotinas de modelagem SIG foram identificadas as vertentes, encostas e cumeeiras, que conduziram ao divisor de bacias. Neste trabalho observou-se que o ambiente SIG permite a diminuição do caráter subjetivo da obtenção dos divisores de bacia e possibilita a diferentes usuários obterem limites similares de modo impessoal, sendo um indicativo de que estas tecnologias podem fornecer o substrato adequado à política de recursos hídricos no tocante a individualização das bacias hidrográficas. A bacia do Formoso (Bonito - MS), escolhida pela importância de seus recursos hídricos para a região que banha, serviu para este estudo de caso e o limite de bacia obtido foi consistente com as cartas topográficas e aos pontos de controle obtidos em levantamento de campo, porém significativamente diferente do limite utilizado oficialmente.


Palavras-chave


Divisor de bacias; SRTM; MDE; Geotecnologias.

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.11137/2018_3_153_166

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


SCImago Journal & Country Rank