MAPEAMENTO DA VULNERABILIDADE E RISCO DE POLUIÇÃO DAS ÁGUAS SUBTERRÂNEAS NA PORÇÃO LESTE DA BACIA SEDIMENTAR DO ARARIPE, CEARÁ, BRASIL

MARIA DA CONCEIÇÃO RABELO GOMES, LUIZ ALBERTO RIBEIRO MENDONÇA, ITABARACI NAZARENO CAVALCANTE

Resumo


O presente trabalho apresenta a avaliação da vulnerabilidade e risco de poluição das águas subterrâneas na porção leste da Bacia Sedimentar do Araripe, Ceará, Brasil, por meio dos métodos GOD e POSH. O método GOD apresentou três classes de vulnerabilidade: baixa, moderada e alta, com predomínio de vulnerabilidade moderada (80%). O método POSH classificou as cargas poluidoras em três índices: elevado, moderado e baixo. O mapa de vulnerabilidade associado aos riscos a poluição facilitou a identificação das áreas mais susceptíveis à contaminação, servindo como subsídio para gestores municipais em futuros planos diretores de uso e ocupação do solo urbano e rural.


Palavras-chave


Aquífero sedimentar; Cariri cearense; Método GOD; Método POSH.

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.11137/2018_3_252_259

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


SCImago Journal & Country Rank