Um Estudo de Caso da Contribuição do Transporte de Momentum Convectivo na Distribuição de Chuva

José Davi Oliveira de Moura, Chou Sin Chan

Resumo


O estudo teve por objetivo avaliar o desempenho das simulações de precipitação do modelo Eta utilizando duas versões do esquema de parametrização cúmulos Kain-Fritsch. Os efeitos do Transporte de Momentum Convectivo (TMC) foram incluídos em uma das versões. Foram realizadas comparações entre simulações de chuva do modelo Eta e dados de precipitação estimado por satélite do CMORPH (CPC MORPHing Technique). Um caso de precipitação intensa sobre o sudeste do Brasil foi selecionado para as simulações de chuva do modelo Eta. A destreza do modelo foi avaliada pelo índice ETS (Equitable Threat Score) e o BIAS. O ETS mostrou que, tanto para as simulações de 48 horas quanto para as de 72 horas, a versão com TMC teve maior pontuação para a precipitação leve e moderada. Para precipitações mais intensas, as versões obtiveram desempenhos similares. O BIAS mostrou que as simulações subestimaram a precipitação moderada e intensa. A versão com TMC mostrou menos subestimativa nas taxas intensas. A inclusão do TMC melhorou o perfil do vento.


Palavras-chave


Convecção; Parametrização Cúmulos; Modelo Atmosférico.

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


SCImago Journal & Country Rank