Estudo do metamorfismo nas formações proterozóicas no quadrilátero Ferrífero, MG

F.R.M Pires, L.C Bertolino

Resumo


O estudo do metamorfismo das unidades proterozóicas do Quadrilátero Ferrífero é revisado em termos da evolução histórica e a aplicação do método de geotermometria por meio de carbonatos. Um mapa regional e uma tabela explicativa foi construída através da revisão de trabalhos prévios na área, confirmando um decréscimo do grau metamórfico de este para oeste e a relativa distribuição das zonas da clorita, biotita, cianita e estaurolita. Os valores termométricos obtidos através de isótopos de oxigénio e de geotermometria de carbonatos corroboram as investigações prévias. Análise de microssonda de calcita coexistente com dolomita indicam a mudança do equilibrio para amostras das minas de Água Clara e Morro Agudo e área próximo a Dom Bosco. A temperatura de equilíbrio obtida pelo par calcita-dolomita ficou entre 283ºC e 547ºC.

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


SCImago Journal & Country Rank