Zoneamento climático da cana-de-açúcar, da laranja e do algodão herbáceo para a região Nordeste do Brasil

Patricia Vieira Waldheim, Vanessa Silveira Barreto Carvalho, Eduardo Correa, José Ricardo de Almeida França

Resumo


O presente estudo teve como objetivo realizar um zoneamento climático para a Região Nordeste do Brasil no que se refere ao cultivo de cana-de-açúcar, laranja e algodão herbáceo. A escolha destas culturas deu-se através da verificação de alguns fatores como desempenho na produção, disseminação do cultivo na região, potencial do mercado e importância social. Os resultados foram obtidos através da análise do balanço hídrico e das temperaturas médias, máximas e mínimas para estações meteorológicas localizadas em 23 municípios distribuídos pela região. Os dados do balanço hídrico, calculado pelo método de Thornthwaite & Mather (1955), e de temperatura foram obtidos através do Banco de Dados Climáticos do Brasil (EMBRAPA, 2003). As localidades foram classificadas, de acordo com as exigências climáticas de cada cultura, como aptas, restritas, restritas a inaptas ou inaptas. A maioria dos municípios revela restrições hídricas para o cultivo de cana-de-açúcar e laranja enquanto quase dois terços destes foi considerado apto para o cultivo do algodão herbáceo.

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


SCImago Journal & Country Rank