Determinação experimental do coeficiente de restituição normal de rochas: aplicação na previsão do alcance de blocos em encostas

Gilmar Pauli Dias, Emílio Velloso Barroso

Resumo


Dentre os parâmetros envolvidos nas análises de movimentos de queda de blocos, o coeficiente de restituição, que é a energia cinética dissipada em sucessivos impactos, é um dos mais importantes e difíceis a se obter, pois necessita da execução de lançamentos "in situ" que só podem ser realizados em locais onde não haja risco à população e estruturas urbanas. A motivação desse trabalho é propor a aplicação de um método bastante conhecido na física, para a determinação do coeficiente de restituição normal de rochas, que consiste no registro sonoro dos sucessivos impactos de uma esfera de rocha solta contra uma superfície plana rochosa. Após a determinação do coeficiente de restituição normal pelo método proposto, fizeram-se cálculos de aceleração da gravidade que indicam que o método possui uma precisão adequada para sua aplicação. Neste trabalho também é apresentada uma análise de sensibilidade do parâmetro coeficiente de restituição por meio de simulações de casos de queda de blocos.

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


SCImago Journal & Country Rank