Primeiro registro de ossos pós-cranianos de Titanosauria (Sauropoda) no município de Alfredo Marcondes (estado de São Paulo), formação adamantina (Turoniano-Santoniano), Bacia Bauru

Rodrigo Pinto Fernandes de Azevedo, Carlos Roberto dos Anjos Candeiro, Lílian Paglarelli Bergqvist

Resumo


Restos de dinossauros saurópodes (Titanosauria) foram coletados no município de Alfredo Marcondes/ SP, em rochas do Cretáceo Superior da Formação Adamantina, Bacia Bauru. Tais fósseis compreendem um fêmur direito bastante fragmentado e um fragmento proximal de tíbia direita. O fêmur foi atribuído à família Titanosauridae pelas seguintes características: formato retilíneo; achatamento crânio-caudal; quarto trocânter levemente pronunciado medialmente, logo acima da região mediana do osso; proeminência lateral do trocânter maior na porção proximal e uma deflexão medial na porção proximal, em relação ao eixo longitudinal do corpo femural. A tíbia apresenta características semelhantes a diversos Titanosauria como a crista cnemial pouco curvada lateralmente; depressão longitudinal separando a crista cnemial do corpo tibial e uma grande dilatação crânio-caudal na região proximal. Estes fósseis representam o primeiro registro de esqueleto apendicular de dinossauros para município de Alfredo Marcondes.

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


SCImago Journal & Country Rank