Análise da composição cianobacteriana das esteiras pustulares em salina, Araruama, Rio de Janeiro

Loreine Hermida da Silva e Silva, Fabiane Feder, Deise de Oliveira Delfino, Frederico Alves dos Santos Lopes

Resumo


A salina Julieta localiza-se no Estado do Rio de Janeiro, a leste da cidade de Araruama e a oeste da cidade de Cabo Frio, entre as latitudes 22º49' e 22º57' S e as longitudes 42º 00' e 42 º23' W. Apresenta uma série de tanques de terra, obtidos por escavação, onde a água se concentra lentamente pela evaporação natural até a precipitação do sal. Esses reservatórios podem ser divididos em três tipos, segundo sua função: carga, evaporação e cristalização. A impermeabilização destes reservatórios é assegurada por uma fina camada de algas que se forma naturalmente com o tempo. O estudo baseou-se em coletas mensais no período de maio de 2004 a outubro de 2004, ao longo de três estações de coleta estabelecidas em diferentes reservatórios da salina. Para identificação da composição microbiana, foram realizados lâminas frescas, semipermanentes e permanentes e sua análise foi realizada por microscopia óptica. Nos reservatórios, as esteiras pustulares apresentaram-se homogêneas. A análise revelou um total de vinte espécies de cianobactérias. Em todas as camadas foi observada a predominância quantitativa de formas esféricas. O predomínio das cianobactérias se justifica pelo fato destas serem portadoras de alta plasticidade morfológica, o que lhes permite sobreviver em vários tipos de ambientes e predominar nos ambientes hipersalinos.

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


SCImago Journal & Country Rank