Histórico da Paleontologia no Museu Nacional

Antonio Carlos Sequeira Fernandes, Vera Maria Medina da Fonseca, Deise Dias Rêgo Henriques

Resumo


Desde sua criação em 1818 o Museu Nacional acumulou relevante material paleontológico nacional e estrangeiro, contribuindo significativamente para o conhecimento da Paleontologia brasileira. Iniciado no período das primeiras aquisições ao longo do século XIX, passando pelas atividades de coleta da Comissão Geológica do Império, e a consagração das atividades paleontológicas durante o século XX, o acervo paleontológico do Museu, abrangendo os paleoinvertebrados, paleovertebrados e os vegetais fósseis, conta hoje com mais de 56.000 exemplares. Os processos utilizados para obtenção desse acervo e as pesquisas realizadas, fazem com que a história da Paleontologia no Museu se mescle com a da própria instituição.

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


SCImago Journal & Country Rank