Análise de Polens para a Interpretação Paleoambiental de Sedimentos com 3520 anos A.P. na Baía de Guanabara, Rio de Janeiro, Brasil

Ortrud Monika Barth, Cintia Ferreira Barreto, Claudia Gutterres Vilela, José Antônio Baptista-Neto

Resumo


O presente trabalho visou indagar a dinâmica de diferentes tipos de vegetacäo que ocorriam na regiäo da Baía de Guanabara, Rio de Janeiro, durante o Holoceno recente, analisando um nível de sedimento com a idade convencional de 3520 ± 50 anos A.P., coletado na enseada de Jurujuba. A análise palynologica do sedimento indicou a predominância da Floresta Ombrófila. Táxons botânicos de vegetacäo de Campo näo eram frequentes. As condicöes ambientais eram favoráveis ao desenvolvimento de plantas higrófitas. Dinâmica similar deste evento transgressivo do nível do mar foi também observado em outras áreas litorâneas do estado do Rio de Janeiro, distantes da Baía de Guanabara.

Texto completo:

PDF (English)

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


SCImago Journal & Country Rank