Mapeamento de perigos e riscos de inundação no Município de Aparecida (São Paulo)

Eduardo de Andrade, Lana Carolina Danna, Paulo Cesar Fernandes da Silva

Resumo


No período entre 2001 e 2011, inundações atingiram 235 municípios paulistas, 29 deles situados ao longo do vale do rio Paraíba do Sul, na porção leste do Estado de São Paulo. O presente trabalho aborda o mapeamento de perigos e riscos de inundações e processos relacionados (enchentes, alagamentos, enxurradas e solapamento de margens) no Município de Aparecida com uso de produtos de sensoriamento e geotecnologias visando à obtenção de índices numéricos passíveis de utilização no planejamento regional e urbano, assim como no gerenciamento das situações de risco. A análise de perigos buscou identificar a probabilidade de ocorrência dos eventos, seu nível estimado de atingimento e sua distribuição espacial ao longo do município. As principais etapas de trabalho incluem: a) levantamento preliminar e elaboração de cadastro georeferenciado de ocorrências a partir de notícias de jornais; b) delimitação e a caracterização de setores de perigo combinando interpretação visual de imagens, cartas topográficas e análise espacial de dados, em particular, o nível da água atingido nos locais de ocorrência (Nat); d) análise do uso e ocupação territorial, visando estimar numericamente a vulnerabilidade e apontar o dano potencial dos elementos em risco (pessoas, bens materiais e atividades econômicas); e) elaboração de carta de risco incluindo classificação dos diferentes setores de risco de inundação através de índice numérico (Rinu). No total foram identificados e delimitados 41 setores de perigo e 62 setores de risco de inundação (6 setores de Risco Muito Alto, 11 de Risco Alto, 16 de Risco Médio e 29 de Risco Baixo).

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.11137/2012_2_28_42

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


SCImago Journal & Country Rank