Tafonomia de Esporos de Pteridófitas Encontrados em Sedimentos Turfosos Quaternários do Rio de Janeiro, Brasil

Robson Lucas Bartholomeu, Marcia Aguiar de Barros, Ortrud Monika Barth

Resumo


A Tafonomia é uma ferramenta usada em interpretações paleoambientais que remonta ao processo de deposição dos palinomorfos. A interpretação dos processos tafonômicos fornece subsídios para a compreensão das condições ambientais passadas, através de marcas preservadas nos palinomorfos. A área de estudo localiza-se na Praia Vermelha, bairro da Urca, município do Rio de Janeiro, entrada da Baía de Guanabara. Foi estudada a preservação dos esporos ocorrentes em um perfil estratigráfico, formado por sedimentos turfosos e areno-lamosos, abrangendo o intervalo de tempo entre cerca de 4.520 a 4.270 anos A.P. Oito níveis foram selecionados e amostrados. Os esporos encontrados foram agrupados de acordo com o tipo de deterioração, em danos de corrosão/degradação, mecânicos e sem danos. A percentagem de cada tipo de dano foi calculada em relação ao total de esporos contados e a concentração em relação a 1cm³ de sedimento. Foi encontrado um grande número de esporos com danos de corrosão e degradação, característicos de exposição ao ar, indicando ter havido ocasiões de menor disponibilidade de água no local. O predomínio de esporos sem danos em alguns níveis sugere uma sedimentação subaquosa, corroborado pelas análises sedimentológicas realizadas.

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.11137/2013_1_55_63

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


SCImago Journal & Country Rank