O Uso da Concentração Polínica em Interpretações Paleoambientais

Maria Luisa Lorscheitter, Lionel Roth

Resumo


A Palinologia de perfis sedimentares visando reconstituições paleoambientais necessita análises quantitativas que permitam inferir ambiente a partir dos palinomorfos. A porcentagem de grãos de cada táxon em relação ao total contado na amostra é amplamente utilizada neste estudo, mas muitas vezes pode distorcer significativamente os resultados por ser uma análise relativa. A análise absoluta de concentração polínica pode corrigir essas distorções, devendo ser também incluída na metodologia para assegurar resultados mais confiáveis.

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.11137/2013_1_80_84

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


SCImago Journal & Country Rank