Modelagem da Distribuição da Saturação de Água do Solo em Terrenos Complexos Baseada na Teoria de Similaridade: Proposição de Abordagem

Hugo Abi Karam

Resumo


Neste trabalho propõe-se uma modelagem lagrangiana da distribuição de saturação de água do solo de terrenos complexos baseada na teoria de similaridade, com destaque para aspectos hidrometeorológicos. A distribuição da água precipitada no terreno é obtida como uma consequência da conservação de massa do escoamento, considerada a similaridade hidrológica ao longo de faixas de drenagem, sob diferentes condições de inclinação topográfica, captação e infiltração. A aplicação desse tipo de modelo de distribuição hidrológica permite uma otimização computacional, tanto na estimativa do deficit de saturação do solo quanto na distribuição da profundidade do lençol freático. A aplicabilidade da proposição lagrangiana é exemplificada para um morro suave e também para discutir qualitativamente a hidrologia da Baixada Fluminense encontrada ao norte da Região Metropolitana do Rio de Janeiro (RMRJ), RJ, Brasil. Mostra-se que uma resolução espacial inferior a 90 m deve ser empregada para considerar os detalhes do problema. Os resultados destacaram o papel da topografia complexa, incluindo a hidrologia de planícies fluviais e as modificações antrópicas da superfície (na forma de canais de escoamento urbano e urbanização) para a compreensão da hidrometeorologia da RMRJ.

Palavras-chave


Modelagem da distribuição hidrológica; Terreno complexo; Hidrometeorologia urbana tropical.

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.11137/2014_2_139_150

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


SCImago Journal & Country Rank