Cenário do Uso de Software Livre em Sistemas de Informações Geográficas (SIG) no Brasil

Gisele Milaré, Normandes Matos da Silva, Antonio Conceição Paranhos Filho

Resumo


O presente estudo tem como objetivo apresentar uma visão geral do uso de software livre em Sistemas de Informações Geográficas (SIG) no Brasil, evidenciando tendências de uso e as áreas temáticas em que os mesmos são mais utilizados. Para isso, por meio de cienciometria, artigos publicados no Simpósio Brasileiro de Sensoriamento Remoto foram analisados. O evento foi escolhido porque é realizado desde 1978, representando o mais importante congresso de sensoriamento remoto e SIG no Brasil e reflete as tendências de uso das geotecnologias em todo o país. Foram analisados os trabalhos entre 1978 e 2013, totalizando 6.778 artigos. Desses, 2.128 artigos citaram a utilização de software livre. Houve uma tendência de aumento a partir dos anos 90, com média de 32% dos artigos publicados usando software livre nos últimos 25 anos. O tema “Análise Ambiental” constou na maior parte dos manuscritos publicados que utilizaram software livre em SIG, com 519 artigos.

Palavras-chave


Cienciometria; Análise ambiental; Sensoriamento remoto.

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.11137/2016_3_111_115

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


SCImago Journal & Country Rank