Considerações sobre a estratigrafia do Grupo Açungui (Proterozóico Superior), Paraná, sul do Brasil

A. P Fiori, L. A Gaspar

Resumo


A atual estratigrafia do Grupo Açungui não é original, mas resulta do empilhamento de fatias tectônicas como conseqüência do cavalgamento que ocorreu durante o fechamento da bacia. Cada fatia contém um ou mais conjuntos iitológicos, com ordenação estratigráfica regular, e que representam partes preservadas da coluna estratigráfica original. O Grupo Açungui, do Proterozóico superior, compreende as formações Capiru, Votuverava e Antinha, cada uma com pelo menos três conjuntos litológicos distintos, na maioria das vezes separados uns dos outros por falhas de cavalgamento. A primeira compreende os conjuntos Juruqui, Rio Branco e Morro Grande, a segunda, os conjuntos Bromado, Coloninha e Saivá e o terceiro, os conjuntos Tacaniça, Capivara e Vuturuvu. Os conjuntos Iitológicos representam ambientes deposicionais os mais variados, desde plataforma com sedimentação carbonática, de águas bem rasas, até áreas de talude, com depósitos turbidíticos. O clima variou desde quente e úmido a glacial ou subglacial.

Palavras-chave


Grupo Açungui;Proterozóico;estratigrafia;tectônica

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.11606/issn.2316-8986.v24i0p1-19

Apontamentos

  • Não há apontamentos.