Uma síntese sobre o magmatismo alcalino do Paraguai Oriental

Celso de Barros Gomes, Piero Comin-Chiaramonti, Victor Fernandez Velázquez

Resumo


Magmatismo alcalino ocorre em seis áreas distintas do Paraguai e forma corpos variáveis quanto ao tamanho, forma, composição e idade. As rochas mais antigas são encontradas no Norte e correspondem à Província Permo-Triássica Alto Paraguai (241 Ma). Quatro eventos do Cretáceo Inferior são reconhecidos no Paraguai Oriental: as Províncias Rio Apa e Amambay (139 Ma), ambas predatando os toleítos da Formação Serra Geral, estão situadas, respectivamente, nas regiões norte e nordeste; e as Províncias Central (126 Ma) e Misiones (118 Ma), respectivamente, nas suas regiões centro-oriental e sudeste. As rochas alcalinas mais novas são as vulcânicas de Assunção, de idade Terciária (59 Ma). À exceção das rochas do Alto Paraguai influenciadas pelo cráton amazônico, a colocação dos outros centros alcalinos é claramente controlada por um regime tectônico extensional que gerou falhas e grábens de orientação NW. Geoquimicamente, as rochas alcalinas paraguaias são em sua quase totalidade miaskíticas, de afinidade potássica ou sódica, com as primeiras caracterizadas por intenso fracionamento dos elementos terras raras, anomalias negativas de Ta-Nb-Ti, e teores altos e baixos, respectivamente, de Sr e Nd radiogênico. Rochas sódicas apresentam anomalias positivas de Ta e Nb e são menos enriquecidas em Sr, com valores próximos ao da ­Terra global. Carbonatitos comportam-se similarmente às rochas potássicas ­pré-toleítos. Isótopos de Sr-Nd-Pb sugerem que dois componentes mantélicos estiveram envolvidos na gênese das rochas paraguaias: um componente EMI dominou o magmatismo potássico do Cretáceo Inferior, e um componente HIMU foi importante para o magmatismo sódico do final do Cretáceo Inferior e Terciário. A estreita associação entre as suítes potássica e sódica, como na região do gráben Assunção-Sapucai-Villarrica, indica que seus magmas parentais foram derivados de um manto subcontinental heterogêneo, enriquecido em elementos incompatíveis.

Texto completo:

PDF (English)


DOI: http://dx.doi.org/10.5327/Z2317-488920130004000012

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


SCImago Journal & Country Rank