RELAÇÕES GENÉTICAS ENTRE LATOSSOLOS E CROSTAS LATERÍTICAS ALUMINOSAS E ALUMINO-FERRUGINOSAS NA REGIÃO DE PARAGOMINAS, PARÁ

ADRIANA MARIA COIMBRA HORBE, MARCONDES LIMA DA COSTA

Resumo


São apresentados os dados estruturais, texturais, mineralógicos e químicos de dois perfis lateríticos localizados no município de Paragominas, região NE do estado do Pará. Esses perfis, formados de três horizontes, inferior, intermediário e superior correspondentes, respectivamente, a crosta laterítica maciça, crosta laterítica fragmentada e latossolo, se formaram a partir do intemperismo da crosta em condições de clima úmido com cobertura de floresta. Sob essas condições a crosta foi desaluminizada e desferruginizada de modo que a gibbsita e hematita foram dissolvidas. O alumínio liberado se recombinou com a sílica proveniente da lixiviação do quartzo e por aporte da vegetação levando a formação da caulinita que se acumulou no topo do perfil gerando o latossolo in situ. Ao mesmo tempo a hematita foi hidratada formando goethita dando a coloração amarelada ao latossolo.

Palavras-chave


Crosta laterítica; Bauxita; Latossolos; Argila de Belterra; Amazônia.

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.