POTENCIAL AURÍFERO NO VALE DO RIBEIRA ESTIMADO POR MEIO DE UM SISTEMA DE INFORMAÇÕES GEOGRÁFICAS

MÔNICA MAZZINI PERROTTA, MÁRIO DA COSTA CAMPOS NETO

Resumo


Uma área no Vale do Ribeira foi selecionada para estudo do seu potencial aurífero, através de um Sistema de Informações Geo- gráficas (SIG). A base de dados consiste de cartografia geológica, geoquímica de sedimentos de corrente e concentrados de bateia; aerogeofísica (magnetometria e gamaespectrometria), imagens de satélite e dados metalogenéticos das ocorrências conhecidas. Reconhecidamente aurífera, a unidade aqui denominada informalmente Unidade Piririca é composta de metamorfitos derivados de sedimentos pelágicos de ambiente redutor e sulfetado na base, que gradam no topo para águas mais rasas. Associam-se a vulcanismo basanítico de regime tectônico distensivo. As características das mineralizações indicam génese associada a devolatização metamórfica da pilha metavulcano-sedimentar, causada por um gradiente geotérmico anomalamente alto, resultando em fluidos com ouro em solução que percolaram por estruturas planares, associadas a zonas de cisalhamento de orientação NE, tardias ao metamorfismo regional e penecontemporâneas ao plutonismo granítico. O potencial aurífero foi estimado através de dois métodos de modelagem, o método da indexação de níveis de informação, uma adição ponderada dos mapas temáticos, e o método dos pesos de evidência, onde os pesos são calculados estatisticamente através de uma estrutura de probabilidades, que estabelece a correlação entre as evidências e as ocorrências conhecidas. Estas análises indicaram como evidências de correlação positiva com a mineralização, a presença de metaultrabasitos e cálciofilitos da Unidade Piririca, a proximidade do contato com metaultrabásicas/básicas desta unidade; a presença de anomalias geoquímicas de prata, arsênio, chumbo, cobre, cromo e níquel; a proximidade de zonas de cisalhamento dúctilrúpteis NE transcorrentes e normais, e de fraturas NS; e a presença de assinaturas gamaespectrométricas dentro do intervalo de 0,105 a 0,151 para a razão U/K

Palavras-chave


Sistema de Informações Geográficas; Depósitos auríferos, Modelo dos pesos de evidência.

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.