O COMPLEXO LAGOA DA VACA: UM CORPO ANORTOSÍTICO ACAMADADO ARQUEANO DO LIMITE OESTE DO BLOCO UAUÁ, BAHIA

MARCO ANTONIO P. PAIXÃO, ELSON P. OLIVEIRA

Resumo


O Complexo Anortosítico de Lagoa da Vaca é um corpo ígneo metamorfisado e composto por bandas ricas em plagioclásio e anfibolio. Dados de quimica mineral indicam que anortositos e peridotitos associados não são geneticamente relacionados. Um isocrona Pb-Pb em rocha total forneceu uma idade de 3,160 ± 65 Ma, implicando que este e o complexo anortositico mais antigo já encontrado no Craton do São Francisco. Como o complexo apresenta um valor modelo µ=8.8 ± 0.62, compatível com derivação de seu magma progenitor do manto litosférico ou do manto empobrecido seguido de contaminação crustal, e aflora na margem ocidental do Bloco Arqueano de Uauá, próximo a uma possante zona de cisalhamento que separa o Bloco Uauá da Faixa Caldeirão (migmatito-quartzito-ortognaisses), a sua intrusão deve ter ocorrido em um ambiente continental, possivelmente semelhante a uma margem continental passiva atual.

Palavras-chave


Arqueano; Anortosito.

Texto completo:

PDF (English)

Apontamentos

  • Não há apontamentos.