IMPLICATES DOS CONTROLES ESTRUTURAIS DO DEPÓSITO CARAÍBANA COLOCAÇÃO DOS CORPOS CUPRÍFEROS DO VALE DO CURAÇÁ, BAHIA - BRASIL

LUIZ JOSÉ HOMEM D'EL-REY SILVA, JOSÉ GENÁRIO DE OLIVEIRA, EDMUND GABOR GAAL

Resumo


O depósito cuprífero Caraíba é o maior dentre diversos corpos de rochas máficas-ultramáficas encontradas no Vale do Curaçá (norte do Estado da Bahia) na parte norte do Cráton do São Francisco. O depósito, que vem sendo explorado desde 1978, consiste de hiperstenitos e noritos mineralisados a calcopirita e bornita disseminadas e/ou em agregados disformes. O Vale do Curaçá é um terreno de alto grau metamórfico compreendendo supracrustais, gnaisses do seu provável embasamento e as rochas máficas/ultramáficas colocadas como sills, sendo todas intrudidas por ortognaisses tonalíticos/granodioríticos e granites (G1-G3)Cedo- a tardi-tectônicos a eventos deformacionais altamente dúcteis ocorridos entre 2.25 e 2.05 Ga (idade U-Pb de zircões). Eventos finais e localizados ocorreram sob fácies xisto verde até cerca de 1,9 Ga atrás (isócrona Sm-Nd de rocha total em hiperstenitos). A exceção de G2 e G3 todas as rochas já mencionadas apresentam um bandamento metamórfico penetrative (Si) no fácies anfibolito afetado por duas fases de dobramentos respectivamente associados a metamorfismo de fácies granulito e anfibolito. Devido à interferência desses dobramentos mais jovens o depósito Caraíba adquiriu a forma de um cogumelo, com cerca de 5 km de comprimento N-S e 800 m de largura E-W, e encontra-se alojado em sinforma com piano axial fortemente inclinado para oeste e com caimento duplo de eixo para N ou S, fazendo parte do flanco oeste da estrutura maior - a antiforma Caraíba. A complexa geometria do depósito, aliada ao intense desmembramento rúptil-dúctil que o afetou durante a evolução estrutural da área, tem dificultado o planejamento e as operações de lavra. Uma vez que o corpo mineral atuou como barreira relativamente resistente à deformação intensa e rica em mobilisados da terceira fase, as estruturas da segunda fase puderam ser melhor preservadas nas cercanias de Caraíba, e este fator contribuiu sobremaneira para o entendimento da evolução tectônica do Vale do Curaçá. Os controles estruturais da mineralização cuprífera tem importantes implicações na gênese dos depósitos cupríferos da região, como discutido em detalhe.

Palavras-chave


Evolução estrutural e tectônica; Mina Caraíba; Terrenes granulíticos; Vale do Curaçá; Cráton do São Francisco Paleoproterozóico; Idade U-Pb; Minério de cobre.

Texto completo:

PDF (English)

Apontamentos

  • Não há apontamentos.