GRANITÓIDES SANTA LUZIA: REGISTRO DO MAGMATISMO GRANÍTICO BRASILIANO DO CINTURÃO ARAGUAIA NA REGIÃO DE PARAÍSO DO TOCANTINS (TO)

CLÁUDIO NERY LAMARÃO, BASILE KOTSCHOUBEY

Resumo


O magmatismo granítico Brasiliano do Cinturão Araguaia é representado, a partir da região de Xambioá em direção ao sul, por pequenos stocks isolados (Granito Ramal do Lontra e Granodiorito Presidente Kennedy) distribuídos ao longo da borda oriental desta megaestrutura. Entretanto, na região de Paraíso do Tocantins, os corpos granitóides brasilianos são mais numerosos e constituem os chamados "granitóides Santa Luzia". Eles ocorrem principalmente na forma de pequenos stocks, diques, veios e lentes intrusivos nos biotita xistos e quartzitos do Grupo Estrondo (Proterozóico superior), concordantes ou não com a foliação desses metassedimentos. Tais relações espaciais sugerem uma natureza sin a tardi-tectônica para esses granitóides. Estudos petrográficos e geoquímicos revelaram que essas rochas são peraluminosas e consistem essencialmente em granodioritos, monzogranitos e granitos pegmatóides, possivelmente resultantes da diferenciação de um mesmo magma original. As razões K/Rb e Rb/Sr variam pouco e mostram que os granitóides Santa Luzia provêm de magmas pouco fracionados gerados na crosta continental. Os teores de Ca e Sr e a razão inicial 87Sr/86Sr = 0,707 apoiam esta hipótese e apontam o embasamento gnáissico (Complexo Colméia) como fonte principal desses magmas. A presença de encraves angulosos de xistos com contatos bruscos com os granitóides, sugere que os metassedimentos supracrustais tiveram uma participação apenas subordinada na formação desses magmas. Enfim, essas rochas apresentam um "trend" próximo ao dos granitos com baixo Ca e, no diagrama Rb-( Y+Nb), plotam no campo dos granitos de arcos vulcânicos, porém próximo ao limite do campo dos granitos sin-colisionais. Acredita-se, portanto, que os granitóides Santa Luzia pertencem a essa última categoria.

Palavras-chave


Peraluminosos; Magmatismo; Cráton Amazônico; Granitóides.

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.