DISTRIBUTION AND PALAEOENVIRONMENTAL SIGNIFICANCE OF THE GENUS BOUCHARDIA (BRACHIOPODA, TEREBRATELLIDINA): ITS BEARING ON THE CENOZOIC EVOLUTION OF THE SOUTH ATLANTIC

MIGUEL O. MANCEÑIDO, MIGUEL GRIFFIN

Resumo


Uma revisão dos dados disponíveis de espécies fósseis do gênero Bouchardia Davidson 1850 revela sua ocorrência em várias unidades estratigráficas desde aproximadamente a passagem do final do Cretáceo para o Paleoceno, até o Mio-Plioceno. Se, por um lado, o gênero não tem sido descrito em certas unidades marinhas do Terciário Superior do Sul da Patagônia, por outro, ele sobrevive atualmente em mares brasileiros. Os registros confirmados em mapas paleogeográficos revelam um deslocamento para norte ao longo da margem oriental (Atlântica) da América do Sul. As condições ambientais e feições autoecológicas conhecidas das únicas espécies viventes (B. rosea Mawe) incluem uma concha contrabalanceada em região apical , adequada para repousar livremente em fundos sedimentares de granulação grossa e limpos, em plataformas e áreas costeiras. A abundância máxima é atingida em águas hialinas, ricas em nutrientes, em profundidades de 18 a 26 m e idealmente sob temperaturas de 20°-22°C. Admitindo-se que através do Cenozóico estes requisitos ecológicos tenham permanecido aproximadamente iguais, para espécies congêneres, com adaptações estruturais e evidências taxonômicas similares, pode-se concluir que : (l) Durante o Paleogeno as águas rasas ao longo da costa sul da Patagônia e Península Antártica devem ter atingido temperaturas mais mornas que as registradas atualmente na região; (2) durante o Neogeno, esse limite sul de níveis de temperatura relativamente altos em águas rasas parecem ter-se deslocado progressivamente para zonas mais setentrionais, como sugere a migração de braquiópodes; (3) ao se inserir essas interpretações no contexto dos eventos geotectônicos conhecidos e suas conseqüências paleoceanográficas, a abertura da Passagem de Drake e o estabelecimento resultante do sistema antártico de correntes circum-polares são sugeridos como os fatores mais intrigantes. Isso causou um rearranjo no padrão de circulação e um resfriamento generalizado da área, eventualmente levando à remoção de representantes de Bouchardia para a distribuição atual mais restrita. Como um complemento do estudo, ilustram-se alguns espécimes selecionados.


Texto completo:

PDF (English)

Apontamentos

  • Não há apontamentos.