A NEW APPROACH TO THE GEOLOGICAL CONFIGURATION OF THE LOWER CRETACEOUS TUCANO AND JATOBÁ BASINS, NORTHEASTERN BRAZIL

LUCIANO P. MAGNAVITA, JOSÉ A. CUPERTINO

Resumo


Até recentemente, acreditava-se que o Rifte do Recôncavo, Tucano e Jatobá do Eocretáceo teria evoluído como um sistema de bacias interligadas desde o início do rifteamento, sendo preenchido por um sistema flúvio-deltaico progradante de norte para sul. Neste trabalho, com base em evidências de campo, dados gravimétricos bem como nos novos modelos propostos para a evolução de riftes continentais e pela comparação com os rifles africanos, postula.se a evolução da fossa baiana a partir de "meios-grábens", resultando em sub-bacias com depocentros isolados por falhas transcorrentes do tipo de transferência - as falhas do Rio Itapicuru e do Rio Vaza-Barris. Estas falhas, notadamente a de Vaza-Barris, seriam controladas por antigas direções de fraqueza do embasamento, seccionando o rifte na direção NW-SE. Dentro desta nova concepção, a maioria dos poços a norte do Tucano Sul foi perfurada em áreas estáveis, sem condições de geração adequadas. Portanto, as bacias do Tucano Central, Norte e Jatobá ainda não foram convenientemente testadas.


Texto completo:

PDF (English)

Apontamentos

  • Não há apontamentos.