PETROGÊNESE DE FORMAÇÕES FERRÍFERAS E METAHIDROTERMALITOS DA FORMAÇÃO AIMBÉ, GRUPO GUARINOS (ARQUEANO), GOIÁS

MARCELO GONÇALVES RESENDE, HARDY JOST

Resumo


A Formação Aimbé é uma unidade estratigráfica do Grupo Guarinos (greenstone belt de Guarinos, Goiás), de idade arqueana e contem (i) formações ferríferas predominantes, com magnetita e/ou hematita e muscovita, sem quartzo, (ii) metahidrotermalitos com condutos circundados por diversas zonas de alteração com turmalina, cloritóide, magnetita, clorita e muscovita, e (iii) locais metaconglomerados e metafolhelhos. Turmalina, cloritóide, magnetita, clorita e muscovita foram analisados em microssonda eletrônica para determinar variações composicionais de espécies minerais comuns aos diferentes halos de alteração, às duas subfácies de formações ferríferas, e a ambos, e suportar a interpretação da composição mineral dos protolitos de metahidrotermalitos e formações ferríferas. A composição química dos minerais metamórficos sugere que os protolitos dos metahidrotermalitos continham proporções variadas de caolinita, diaspora, magnetita, pirofílita, illita, Na-montmorillonita e albita. A muscovita das formações ferríferas é interpretada como produto metamórfico de cinza vulcânica félsica.

Palavras-chave


Formações ferríferas; Metahidrotermalitos; Petrogênese; Arqueano; Goiás.

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.