O SISTEMA DE DOBRAMENTO APIAÍ, ESTADO DO PARANÁ

ALBERTO P. FIORI

Resumo


As dobras do sistema de Dobramento Apiaí são posteriores ao evento de cavalgamento que atingiu o Grupo Açungui, pois são desenhadas pela foliação S, (paralela a S,) e pelas falhas de cavalgamento, ambas originadas durante esse primeiro evento deformacional. Apresentam estilo bastante variado, algumas inclusive com geometria cênica. Há desenvolvimento de foliação em posição planoaxial, porém, esta não é penetrativa por toda a área; o eixo tem direção NE-SW e a superfície axial é geralmente subvertical. São facilmente reconhecidas em estereogramas de pólos de S, ao delinearem guirlandas parciais ou completas. Algumas maiores foram cartografadas e analisadas com mais detalhes. É possível que este sistema de dobramento esteja geneticamente ligado ao esforço compressivo de segunda ordem, de direção NW-SÉ, associado à movimentação lateral dextral das principais transcorrências paranaenses, com exceção da Antiforma do Setuva, que duvidosamente pode estar relacionada a uma reativação anti-horária da Falha da Lancinha.

Palavras-chave


Sistema de dobramento; Dobras cilíndricas; Dobras cônkas; Estereogramas; Reativação de falhas.

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.