O GREENSTONE BELT DE GOIÁS: ESTUDOS GEOCRONOLÓGICOS

ÉDISON R. TOMAZZOLI

Resumo


O Greenstone Belt de Goiás, ou Grupo Goiás Velho, é representado por urna seqüência vulcanossedimentar arqueana, inserida em rochas do Complexo Granito-Gnáissico através de falhas de empurrão N70W. Datações Rb/Sr em gnaisses circundantes revelaram idades isocrônicas em torno de 2.670 Ma. Reativações transamazônicas mostram-se presentes e foram detectadas por meio de datação isocrônica Rb/Sr sobre o gnaisse Córrego Bugre, que apresentou idade de 1.900 Ma. Um dique de rocha básica metamorfizada, inserido em rochas do Complexo Granito-Gnáissico, foi datado pelo método K/Ar sobre anfibólio e confirmou idade mínima transamazônica de 1.840 Ma. Datação K/Ar sobreactinolita de rocha metavulcânica básica do Greenstone Belt mostrou idade de l .275 Ma, revelando provável influência do Evento Uruaçuano na região. Gnaisse cataclasado, posicionado na região de contato com o Greenstone Belt de Goiás, foi datado pelo método K/Ar sobre muscovita recristalizada, indicando idade de 1.470 Ma, relacionado à reativação das falhas de empurrão N70W que limitam lateralmente a faixa.


Palavras-chave


Greenstone belt; Goiás; Geocronologia.

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.