CONSIDERAÇÕES SOBRE O METAMORFISMO DAS ROCHAS DA REGIÃO DE EMBU-GUAÇU - PARELHEIROS, SP

SÍLVIA R. S. S. VIEIRA, JOSÉ M. V. COUTINHO, FRANCISCO R. ALVES

Resumo


O estudo de rochas atribuídas ao Complexo Pilar do Grupo Açungui, que ocorrem imediatamente a SSE da cidade de São Paulo, revelou a existência de quatro episódios distintos de metamorfismo. O primeiro, regional e progressivo, atingiu seu pico a temperaturas em torno de 700°C e pressões maiores que 5,5 kbar, compatíveis com a fácies anfibolito. O segundo episódio, também regional, foi provavelmente um evento metassomático, promovido por soluções aquosas ácidas (pH baixo), ricas em B e K, residuais da atividade magmática anterior. O terceiro episódio, retrógrado, representa a adaptação das assembléias de altas P/T, geradas durante o primeiro evento, a condições mais brandas. O quarto corresponde a modificações estruturais e texturais das rochas em resposta à movimentação ao longo de zonas de falhas.

Palavras-chave


Metamorfismo regional; Metassomatismo; Metamorfismo retrógrado; Complexo Pilar; Grupo Açungui; Geocronologia; Cidade de São Paulo; Embu-Guaçu; Parelheiros.

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.