GEOCRONOLOGIA DA GRANITOGÊNESE DA PROVÍNCIA AMAZÔNIA CENTRAL BRASILEIRA: UMA REVISÃO

MOACIR JOSÉ BUENANO MACAMBIRA, JEAN-MICHEL LAFON, ROBERTO DALL'AGNOL, HILTON COSTI, XAFI DA SILVA JORGE JOÃO

Resumo


Neste trabalho, apresenta-se uma revisão dos dados Rb-Sr disponíveis sobre os granitóides da Província Amazônia Central. Tenta-se levantar critérios de correlação e controle da granitogênese da Província Amazônia Central no tempo geológico a fim de melhor entender os processos de formação e a evolução dos granitóides dessa região. Foram distinguidos três grandes grupos de granitóides, distribuídos do Arqueano ao Proterozóico Médio: 1. granitóides arqueanos (> 2.500 Ma) de composições tonalíticas, trondhjemíticas e granodioríticas, em geral metamorfisados e aparentemente associados aos terrenos do tipo granito greenstone belt; 2. granitóides de idade transamazônica (cerca de 2.000 Ma), cujos dados químicos sugerem, provavelmente, um reflexo no cráton arqueano, do Ciclo Transamazônico; 3. granitóides anorogênicos do Proterozóico Médio (1.600 Ma - 1.750 Ma), comparativamente mais abundantes e melhor estudados, são divididos em 2 grupos: 3.1. grani tos similares ao tipo A e 3.2. granitos e com magnetita, análogos ao tipo I Caledoniano. Os granitóides arqueanos e os de idade transamazônica mostram razões isotópicas iniciais 87Sr/86Sr, características do manto ou de material de curta residência crustal, enquanto os granitóides do Proterozóico Médio apresentam razões tipicamente crustais. Estudos isotópicos detalhados em corpos individualizados mostram uma redução no valor da idade e um aumento da razão inicial no sentido das fácies mais evoluídas. A comparação dos dados Rb-Sr com aqueles obtidos pelo método U-Pb em.zircões leva a pensar que as variações e os mais baixos valores observados para as idades Rb-Sr não são sempre ligados diretamente a idade verdadeira de cristalização, e sim relacionados à maior sensibilidade do método Rb-Sr às transformações tardi e pós-magmáticas, às diferenças nas fontes magmáticas e/ou a fenômenos de contaminação crustal.

Palavras-chave


Geocronologia; Amazônia; Granitóides.

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.