GEOFfSICA MARINA AL OCCIDENTE DEL MAR CARIBE

JOSÉ ALBERTO VIVAS VELOSO, LUIS DEL CASTILLO G.

Resumo


O Cruzeiro LEG 2 (USGS-UNAM-SMN-IMP) realizado nas costas do México e parte da América Central coletou dados de gravimetria, magnetismo, reflexão acústica e de batimetria ao longo de 4450 km, repartidos em 32 linhas. As anomalias geofísicas encontradas foram justificadas através de modelos bidimensionais representativos da crosta. Em contraste aos conceitos anteriores, sugere-se que a estrutura submarina denominada Cresta Externa, seja o possível contato entre a crosta siálica do continente e a intermediaria abaixo do Mar do Caribe. A informação acústica na Bacia de Yucatán indica a presença de sedimentos horizontais depositados sobre um embasamento com superfície bastante irregular. Isso parece indicar que, em época posterior a sedimentação, não se apresentaram, na área, movimentos tectônicos de grande magnitude. Acredita-se que a região do Caribe tenha se originado no Mesozóico como consequência da fissura e da subsequente deriva dos continentes americano e afro-europeu.

Texto completo:

PDF (Español (España))

Apontamentos

  • Não há apontamentos.