THE RIBEIRA FOLDED BELT

YOCITERU HASUI, CELSO DA RÉ CARNEIRO, ARMANDO MÁRCIO COIMBRA

Resumo


O volume de dados disponíveis sobre as faixas dobradas ao longo da região costeira entre a Bahia e o Uruguai permite já distinguir uma diferenciação tectônica longitudinal e transversal. Longitudinalmente, identifica-se o Segmento Setentrional, de estruturação simples, dada pela Faixa Dobrada Paraíba do Sul (Ciclo Transamazônico, 1800-2200 m.a.], remobilizada no Cicio Brasiliano (450~650 m.a.), e pela infraestrutura da Faixa Dobrada Ribeira, formada neste ultimo cicio. o Segmento Meridional é mais complexo, podendo-se diferenciar transversalmente, de NW para SE, o Sistema Dobrado Apiaí, o Maciço Mediano Joinvile, o Sistema Dobrado Tijucas, o Maciço Mediano Pelotas, o Sistema Dobrado Uruguai Oriental. Os sistemas de dobramento compõem-se de ectinitos de facies xisto verde a anfibolito, por vezes migmatizados. O Maciço Central Joinvile é formado sobretudo por sequencias gnáissico-migmatíticas, em boa parte da idade Brasiliana e de consolidação precoce. Núcleos mais antigos ocorrem neste maciço, como a Formação Encantadas no Rio Grande do Sul, de idade Transamazônica; o Complexo Básico-Ultrabásico de Barra Velha, com idades arqueanas, incluído no Complexo Taboleiro em Santa Catarina; no Parana, granulitos e rochas básico-ultrabásicas transamazônicas ou mesmo mais antigas aparecem entre os migmatitos do Complexo Cristalino; em São Paulo, alguns núcleos migmatíticos e granulíticos pré-brasilianos também foram identificados. O Maciço Central Pelotas e formado por unidades migmatíticas do Ciclo Brasiliano e corresponde a uma zona de consolidação precoce. Os dois segmentos se conectam através da Zona de Transcorrência São Paulo, que não só provocou um deslocamento horizontal dextral da ordem de 300 km, mas também deve ter influído na diferenciação longitudinal, graças a uma componente vertical do rejeito. O chamado Grupo São Roque restringe-se a área da Zona de Transcorrência São Paulo e não pode ser considerado simples prolongamento do Grupo Açungui. Os autores admitem que o Grupe São Roque constituiria originalmente parte de outro sistema de dobramento situado a NW do Sistema Apiaí e paralelo a ele. Dessa forma, os ectinitos do Grupo Açungui são sincrônicos aqueles do Grupo São Roque, da mesma forma que aos do Sistema Tijucas (Grupos Brusque, Porongos e Lavalleja) e do Sistema Uruguai Oriental (Grupo Rocha).

Texto completo:

PDF (English)

Apontamentos

  • Não há apontamentos.