Análise da assinatura geoquímica de solos e de sedimentos de corrente no Vale do Ribeira (SP) por meio de um sistema de informação geográfica

José Maria Filippini Alba, Carlos Roberto Souza Filho, Bernardino Ribeiro Figueiredo

Resumo


O Vale do Ribeira é um antigo distrito mineral, onde se desenvolveram diversos estudos de geoquímica aplicada nas décadas de 70 - 80 (prospecção) e 90 (ambiente), respectivamente, sendo gerado um acumulo importante de dados multielemento. Levantamentos pedológicos em escala local indicaram a ocorrência de setores com teores elevados de arsênio e metais pesados, caracterizando solos naturais de padrão de qualidade alterado. Neste estudo foi avaliada a capacidade da geoquímica de sedimentos de corrente na detecção de áreas com solos de padrão de qualidade alterado, por meio de um sistema de informação geográfica. Na maior parte dos casos, os padrões de alteração derivam da ocorrência de mineralizações ou litotipos específicos, sendo geradas anomalias polimetálicas características. O conteúdo de cobre nos sedimentos de corrente apareceu como indicador mais adequado nesse sentido.

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.